Projeto Tokusatsu #2 - Kamen Rider Black


Um dos tokusatsus mais lembrados pelo público saudosista brasileiro, o Kamen Rider Black, conhecido por aqui como Black Kamen Rider ou Blackman. Parte do sucesso é devido ao seu tom "dark" e um teor mais dramático maior do que as séries exibidas na época. Mas será que era bom mesmo? Hoje, a nostalgia e um certo preconceito das séries mais atuais fala muito mais alto do que a qualidade da série antiga.

Lançada em 1987, Black Kamen Rider foi a primeira série depois de um hiato de 6 anos que a Franquia sofreu. No Brasil, ela foi exibida a partir de 1991 na Manchete.

A trama


Kotaro Minami (conhecido aqui como Issamu Minami) e seu irmão, Nobuhiko, foram escolhidos  para se tornarem os reis seculares do Império Gorgom, no seu aniversário de 19 anos. Mas durante a cirurgia de remodelagem humana, o pai dos garotos liberta Kotaro, que depois de roubar a moto que viria a ser do imperador escolhido, foge da base e volta para casa. Posteriormente, o rapaz reencontra com o seu pai que é morto por monstros, descobrindo  seus poderes mutantes de transformação e vira o Kamen Rider Black, decidinfo lutar contra essa organização maligna.

Enquanto isso, Nobuhiko se mantem sob "hibernação" na base dos vilões, até o momento em que os sacerdotes Gorgom conseguem despertá-lo como Shadow Moon,  para enfrentar o Black e assumir o trono de imperador. 

Vale ou não a pena?


Aposto que muitas pessoas leram o parágrafo  introdutório e pensaram que eu iria detonar a série, mas Black realmente tem um diferencial muito grande e merece ser lembrada, tanto pelo  seu tom "dark" e episódios densos cheios de suspense, que fizeram algumas cenas lembrarem filmes de terror oitentistas, quanto pelo visual realista que os monstros tiveram. 

Outro ponto alto foi o protagonista Kotaro Minami, que apesar de não ser um bom ator, conseguia passar a ideia de ódio pela expressão, tanto facial quanto corporal. Quem não se lembra do olhar penetrante na hora do "henshin"?!

Mas então porque o suspense sobre a qualidade? Simples, Kamen Rider é uma franquia que dura quase 50 anos, e nesse tempo, surgiram series tão boas ou até melhores do que Black (Na verdade, existem fontes que dizem que Black não deu o retorno esperado), não tendo como uma única produção representar algo tão extenso.

Enfim, Black Kamen Rider não é a melhor do gênero, mas agrada quem gosta de drama, suspense, terror e uma seriedade maior em uma série de super-heróis.





Comentários