Zeiram - Um Tokusatsu muito nojento

Compartilhar:

Você que acompanha o Blog, deve estar cansado de saber o quanto eu defendo os filmes japoneses com efeitos especiais, e quanto eu tento explicar que tokusatsu é um gênero, o que o torna muito mais amplo do que se possa imaginar.

Por exemplo, existe a discussão de tokusatsu ser coisa para crianças, o que não está errado, mas também não está certo, pelo menos não totalmente. As franquias que "representam" o tokusatsu, são franquias infanto-juvenis sim, porém, existem aquelas produções que fica claro que não são feitas para a galerinha do fundamental, como o filme Zeiram, dirigido por Keita Yamamiya, o criador de Garo.

O filme foi baseado em um OVA homônimo, tendo 6 episódios em animação que servem de prequel.

Terror x Super-heróis


Zeiram fala sobre uma criatura alienígena, cujo o nome dá título ao filme, que escapa de sua prisão interdimensional, fazendo com que os caçadores de recompensas, Iria e seu companheiro/computador, Bob, comecem a persegui-lo, vindo parar na terra. Paralelo a isso, os eletricistas, Teppei e Kamiya, acabam entrando no esconderijo de Iria, e Teppei é transportado para uma dimensão chamada de "A zona" (sem piadinhas de mal gosto, hein!), onde se encontra a criatura, fazendo com que Iria e Kamiya vão atrás dele.

Sim, Zeiram é o filme que junta aquela fantasia/ficção científica com terror B, com monstros nojentos, cenas violentas, explosões e locais escuros. Isso tudo, mais uma heroína de armadura bem inútil, apesar dos braceletes a la Mulher-Maravilha, os seios da menina ficam expostos. Não, ela não fica de topless, e sim, seu tórax que fica sem proteção (mesma lógica das armaduras femininas de RPG).


O monstro é imparável. Ele parece uma mistura de pistoleiro, Predador e Alien, inclusive, ele tem uma língua que sai de sua cabeça em forma de um sombreiro, muito parecida com a dos xenomorfos, só que com um rosto humano. Zeiram também cospe algo parecido com sementes que se transformam em "minions", inclusive, teve um momento que ele esmaga a semente e nasce um ser de gosma completamente deformado e deficiente (o da imagem acima), e muito parecido com um ser humano. A cena é muito, mas muito nojenta, porque o bicho fica expelindo um tipo de gosma marrom pela boca. No final da cena, a inútil criatura é esmagada pelo próprio Zeiram.

Vale ou não a pena?

dá para acreditar que isso é uma língua?

O filme é meio confuso, como o fato da caçada acontecer em uma dimensão paralela, mas não fica claro como a criatura havia ido parar lá. Assim como a cena do parágrafo anterior, que não consigo entender o porquê de Zeiram esmagar a semente e depois ficar insatisfeito com o resultado.

Contudo, no final do filme eu tive o sentimento de satisfação. É divertido, simples, principalmente para quem curte aqueles filmes de terror B dos anos 80. 


Nenhum comentário