Vingadores: Guerra Infinita - Os quadrinhos, o filme e expectativas

Compartilhar:


6 Anos, esse foi o tempo que esperei para ver a luta entre os Vingadores e o vilão Thanos, apresentado no primeiro filme dos heróis mais poderosos da terra. Quando finalmente lançaram o filme, me programei para ver na estreia (pensei em ver na primeira sessão às 00:01, mas como tinha que trabalhar no outro dia). Mesmo assim fui bombardeado com spoilers nas redes sociais, que quase estragaram minha experiência com o filme, e de certa forma, me deixaram bem chateado com a comunidade nerd, que parece estar ficando cada vez mais egoísta. Como esse texto é sobre esse filme épico, e não um desabafo, eu aconselho aqueles que ainda não viram a evitar o máximo de contato para não ter a experiência estragada (mesmo algumas coisas sendo bem óbvias), inclusive, não leia esse texto antes de ter visto o filme, já que esperei um pouco mais para soltar algo com spoilers. Aqui no Brasil, os fãs já tiveram a oportunidade de obter as revistas dessa saga na época da Editora Abril (claro que foi relançado posteriormente, mas isso não vem ao caso), e antes de falarmos sobre o filme, eu quero resumir a Busca de Thanos pelas Jóias do Infinito.

A Ressurreição de Thanos (Superaventuras Marvel 131-134)

via Sala de Justiça
Tudo começou na revista do Surfista Prateado, em um arco chamado da A ressurreição de Thanos, onde a morte ressuscita o Titã para que ele mate metade do universo. O Surfista fica ciente da situação através de um sonho, o que o faz pesquisar sobre o "novo" vilão. No final, Thanos coloca um clone para morrer em seu lugar, depois de um ataque massivo do ex-arauto de Galactus. Nessa Saga, Thanos queima a Nebulosa viva, depois dela usurpar o seu trono alegando ser sua neta.

 Thanos - Em Busca do poder (minissérie em 2 edições)

via Vortex Cultural
Aqui ele finalmente sai em busca das jóias do infinito, encontrando a jóia da alma com o ser conhecido como o Intermediário, portador da jóia da alma, que está preso nos domínios de Lorde Caos e Ordem, sendo libertado (e enganado) por Thanos, que arranca a gema de sua testa, mas não o mata. 

Logo depois ele vai ao planeta Tamarata, atrás do ser conhecido como O Campeão, portador da jóia do poder. Depois de uma luta corporal, Thanos desvia de um soco do adversário, fazendo destruir o planeta inteiro, negociando com Campeão seu transporte ao planeta em troca da Jóia do poder.

A próxima parada é um encontro com o Jardineiro, que está com a jóia do tempo.  Thanos usa a jóia do poder para atacar o ancião e, bem, a cena abaixo deve falar por si só.



Prosseguindo, ele vai até O Corredor, portador da jóia do espaço, que lhe dá a capacidade de ser o cara mais rápido do universo. Usando a Jóia do tempo contra ele, Thanos o transforma em um homem velho para poder arrancar a jóia de sua testa, e depois o faz regredir para o estado de um bebê recém-nascido, para entregá-lo ao Colecionador, afim de conseguir trocar pela jóia da realidade.

E por último, temos o confronto com o Grão-Mestre, que está com a jóia da mente. Eles disputam em um jogo de tabuleiro valendo a vida do perdedor, e Thanos acaba perdendo. Contudo, era um clone robótico que morreu, dando a oportunidade para Thanos matar o Grão-Mestre e pegar a jóia da mente.

De volta ao Surfista (Superaventuras Marvel 148-153)

créditos na imagem
Não, o arco não tem esse nome, na verdade, não tem nenhum nome específico. Aqui os acontecimentos de Desafio Infinito começam a tomar forma. Depois de completar a Manopla, Thanos escraviza Mefisto, que tentou enganá-lo para roubar as jóias, e depois prende a alma do Surfista e de Drax (sim, o que faz parte dos guardiões atualmente) dentro da jóia da alma, onde eles conhecem Gamora, Pip e Adam Warlock, que mais tarde se juntarão à guerra contra o Titã Louco.

Depois de saírem da Jóia, os dois recebem um aviso de Mefisto sobre os planos do Titã, e decidem avisar aos heróis da terra sobre a maior ameaça que o universo tem.

Desafio Infinito (minissérie em 3 edições)

Via Marvel Database Fandom

Logo depois de ser atacado por Thanos, o Surfista cai na mansão do Dr. Estranho, (igual acontece com o Hulk no filme) e pede para avisar a todos sobre a ameaça que o universo está prestes a enfrentar.  Do outro lado do universo, Thanos quer a qualquer custo agradar a sua amada Morte, e depois de diversas tentativas frustradas (entre elas, criar uma namorada com o poder da Manopla para causar ciúmes), ele finalmente decide acabar com metade da vida no universo, além de  tirar a terra do lugar devido a um ataque de fúria, causando o início de uma nova era glacial. 

Adam Warlock, depois de reencarnar em um bêbado morto em um acidente de carro, junta os heróis restantes, as entidades cosmicas como Galactus, Caos e Ordem, Cronos, Eternidade e até mesmo dois Celestiais, para enfrentar Thanos, em uma batalha que não tenho palavras para descrever aqui. Mas só posso dizer que no fim, Thanos consegue vencer Eternidade e se tornar a entidade que controla o universo. 

via omniversal-battlefield.wikia.com

É nesse momento que temos a reviravolta, onde Nebulosa se dá conta de que seu "avô" deixou o seu corpo físico para trás, e junto com ele, a Manopla do Infinito. Então,  Nebulosa toma posse do artefato e se torna o ser mais poderoso do universo. A partir daqui, Adam Warlock coloca em prática o seu real plano, e depois de dar aquela lição de moral no Titã Louco, ele revela que conseguiu salvar alguns heróis da morte. 

Sendo assim, a batalha final tem início. Enquanto Thanos distrai Nebulosa, Warlock, junto do Surfista Prateado, entra no mundo espiritual da jóia, e depois de crescer a um tamanho infinito ali, Warlock consegue arrancar o artefato da mão da Vilã. Porque ele não fez isso quando Thanos estava com a Manopla? Por causa da inexperiência de Nebulosa ele conseguiria passar desapercebido, coisa que Thanos não deixaria. No fim, o próprio Adam se apossa das jóias, e para não ficar ouvindo sermão dos heróis que foram ressuscitados, ele avança alguns dias no futuro e vai ao encontro de Thanos, que decidiu virar fazendeiro em um planeta isolado, afim de ter uma vida pacífica.

Claro que a Saga do Infinito continua nas HQs, mas o filme foi até aqui, pelo menos até agora.

O filme mais esperado da década


Não preciso introduzir a sinopse, porque ela é extremamente simples. Thanos e seus lacaios estão procurando as jóias, e inevitavelmente cruza o caminho dos heróis, que tentam impedi-lo a qualquer custo.

Lembro de quando assisti ao primeiro Vingadores, lembro de ter ficado encantado em ver os 6 heróis enfrentando um exército de monstros. Naquela época, mal podia imaginar o que estava por vir. Para exemplificar, pegue a batalha de Nova York e multiplique aquilo por 10, então terá uma ideia do que é Guerra Infinita.

E assim como aconteceu no primeiro Vingadores, tivemos diversas entradas triunfais dos heróis, que fizeram a galera dentro da sala de cinema ir a loucura, principalmente quando Thor apareceu mostrando uma presença sem igual. 

E claro que teríamos surpresa, mas infelizmente não era o Surfista Prateado, como dizia um rumor que chegou a ser postado aqui. Mas, para sanar a dúvida de muitos, tivemos o retorno do Caveira Vermelha, mostrando o destino do líder Nazista que foi abduzido pelo Tesseract em 2011, em Capitão América: O primeiro vingador.

Mas não posso deixar de citar as lutas "mano a mano", principalmente aquelas que Thanos é muito mais do que um brutamontes. Entre essas, considero as melhores Hulk x Thanos e Doutor Estranho x Thanos.

Não posso esquecer da melhor coisa do filme, Thanos. Durante as especulações, ouvimos que Thanos poderia ser um dos maiores vilões do cinema, posto que ele conseguiu merecidamente. Ele não é um louco psicopata (e eu senti falta disso), e muito menos aquele vilão caricato. Nele você consegue enxergar uma certa humanidade e uma paixão por seu ideal, além de uma humanidade, que te deixa em dúvida se ele realmente é mau. Sem contar que ele tem uma clara motivação, que é quase igual aos quadrinhos, mas ao invés de fazer tudo em nome do amor pela morte, ele tomou aquela motivação que a entidade tinha nas revistas como se fosse dele mesmo.

Eu não acho ele o maior vilão do cinema, mas está entre os melhores.

A única coisa que não gostei nessa história toda foi o fato de terem dizimado o planeta Titã no filme, porque poderia inviabilizar o uso de alguns personagens interessantes. Sem contar que não houve o maior Fanservice que eu esperava, que era juntar TODOS os personagens em uma única batalha. Não que eu ache isso ruim, mas eu senti falta disso.

Vale ou não a pena?


Eu não posso mentir, o filme alcançou TODAS as minhas expectativas, e me deixou muito ansioso para o próximo. Mas isso não significa que eu ache o melhor filme de herói já feito, talvez o melhor dos últimos anos. 

O que vem por aí

via Metropolitana FM
Depois daquele final, todos ficamos doidos para ver como será Vingadores 4, e como todo bom fã, tenho as minhas teorias, que estão mais para expectativas. 

Os irmãos Russo já disseram que as mortes do filme não serão revertidas, o que não faz muito sentido, porque heróis que se foram como o Homem-Aranha e o Pantera Negra tem sequências confirmadas (não acho que colocar substitutos seja viável) e eles não diminuiriam o universo Marvel pela metade desse jeito. 

Mas então, o que poderia acontecer? Eles disseram que as mortes são permanentes, mas nada impede que elas nunca tenham acontecido no próximo filme. Como assim? Sabemos que os próximos filmes da Marvel, Homem-Formiga e a Vespa e Capitã Marvel vão ser influenciados por Guerra Infinita e vão influenciar o próximo. O que se especula é que Scott Lang voltará no tempo para avisar os Vingadores das Jóias, e eles acharem todas antes do Titã, e usando o poder delas, conseguiriam impedir Thanos de matar Metade do Universo. Assim, ninguém precisaria reverter morte alguma, por que ninguém nunca teria morrido.


Chris Evans tem um jeito muito característico de rir

Paralelo a isso, os Vingadores restantes vão retaliar Thanos com a ajuda da Capitã Marvel, mesmo que não seja como forma de vencer, mas assim como o Homem de Ferro disse no primeiro filme: "Se não pudermos salvá-lo, vamos vingá-lo". E quem sabe teremos um combate com todos os heróis juntos, já que já anunciaram que será algo ainda mais grandioso do que Guerra Infinita.

Essas são as minhas expectativas, ainda temos um ano para saber o que vai acontecer.

E para relembrar, o primeiro teaser de Guerra Infinita





Nenhum comentário