5 diferenças entre Zyuranger e Mighty Morphin Power Rangers


Caro leitor, você conhece os Power Rangers? Talvez você nunca tenha assistido, mas com certeza já ouviu falar. E talvez já tenha escutado em algum lugar, talvez de uma forma mais depreciativa,  que ele são baseados em um seriado japonês. Se a resposta for afirmativa, você sabe que seriado é esse? Caso tenha pensado em Changeman, errou feio. Apesar de pertencerem a mesma franquia, o programa que vou falar aqui se trata de "Esquadrão Dinossauro Zyuranger", ou "Kyouryu Sentai Zyuranger", que serviu de alicerce para a primeira temporada dos heróis da Alameda dos Anjos.

Lançada em 1992, Zyuranger (pronuncia-se Jyuranger), essa temporada dos heróis coloridos japas teve suas cenas reaproveitadas no ano seguinte em sua versão americana, Mighty Morphin Power Rangers, que mesmo mantendo alguns elementos, acabou alterando muita coisa que você vai conhecer nessa lista. 

1- Mundo Fantástico x Cidade Comum.


Em Alameda dos Anjos, tínhamos uma típica cidade americana. Já em Zyuranger, temos uma típica cidade japonesa (ah vá). Mas aqui, a civilização moderna é um resquício de uma era onde humanos, dinossauros, elfos, duendes, magos, bruxas, seres mitológicos, príncipes, princesas e deuses conviveram.

2 - Heróis antigos x Adolescentes com atitude.


No filme de 2017, os Rangers eram "um bando de ferrados", nas palavras do próprio ranger vermelho. Na série, ele eram jovens exemplares do Proerd (tanto que três deles foram escolhidos para uma conferência de paz na Alemanha). Em Zyuranger, cada um era um guerreiro de um reino diferente, que dominava uma arma própria, tanto que eles usavam versões comuns delas antes mesmo da transformação.

3 - Deuses x Máquinas

por incrível que pareça, os deuses são os de cima

Na releitura dos Power Rangers, foi dito que os zords são máquinas alienígenas que tomam a forma da raça dominante do planeta em que estão. Já as Shugoju, ou feras guardiãs, são deuses protetores que acompanham os heróis e os auxiliam em batalhas difíceis. 

4 - Bruxa de Halloween x Bruxa macabra.


Rita repulsa é a típica bruxa de conto infantil, tanto que nas temporadas seguintes, ela tinha um covil que mais parecia decoração de festa de halloween realizadas na escola. Já Bandora, apesar de não ficar muito atrás, era uma personagem extremamente macabra. Na era dos dinossauros, ela tinha um filho que foi morto por um tiranossauro, e para se vingar, ela fez um pacto com o diabo (no caso, o Gran Satan) para se tornar uma bruxa e obter vingança. 

Ela odiava crianças e as atacava como um bicho papão, mas ao invés de planos toscos, ela usava doenças, sequestros, fome, entre outras coisas que assustam até os adultos.

5 - Burai x Tommy 


E não tem como falar de Zyuranger sem falar de um dos Rangers mais icônicos de ambas as franquias, Tommy e Burai.

Tommy era um rapaz que foi capturado e hipnotizado por Rita para derrotar os heróis. Burai procurava Vingança por si só. Ele era o irmão mais velho de Geki, o vermelho da vez, e achava que o pai adotivo do protagonista havia matado seu pai biológico. Ele foi libertado por um elfo que o considerava seu irmão, mas devido ao seu ódio, Bandora o transformou em seu aliado prometendo vingança.

No passado, ele acabou morrendo, e no presente  voltou quando o espírito da vida lhe deu mais 30 horas. Para durar até o final da série, ele tinha que ficar em uma sala onde o tempo não passa, agindo apenas quando necessário (igual ao Ikki de Fênix).

Menção honrosa


Na versão americana, Rita ficava presa na lua. Na versão japonesa, a vilã é aprisionada no planeta nêmesis. 

A semelhança foi que ela é libertada por dois astronautas em uma expedição para explorar o misterioso planeta que passava extremamente perto da terra, contudo a expedição, que tinha duas crianças na formação, tem uma importância maior na trama do episódio.

imagens: Ryuzakilogia

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

6 coisas sobre Kill la Kill

Tentando entender a linha do tempo do X-Men