Vamos falar sobre Kamen Rider Amazons 1° Temporada


"Tokusatsu é coisa de criança". Quem é fã de séries japonesas com efeitos especiais e nunca ouviu isso? O que eu tenho a falar sobre é que tudo não passa de puro preconceito, pois a pessoa acha que tokusatsu se resume a Power Rangers. Franquias tão famosas quanto os heróis coloridos já tiveram títulos para um público mais maduro. O próprio Kamen Rider tinha uma premissa mais sombria e violenta, que volta e meia retorna em alguma produção, como essa aqui que vou falar hoje: Kamen Rider Amazons.



Vamos conhecer a série



"Amazons" é  uma web-série criada pela Amazon Prime (que ironia véi) fazendo parte do projeto "Toei's Super Hero Year",  funcionando como uma releitura de "Kamen Rider Amazon" de 1974, inclusive, com diversas referências a produção original. A estreia da primeira temporada aconteceu no dia primeiro de Abril de 2016 e a segunda aconteceu dia 7 de Abril.  Hoje quero focar só na primeira (porque ainda não Assisti a segunda).

Em 1974, Amazon era um japonês criado na floresta amazônica que se transformava em um híbrido de humano e réptil. Em 2016, Amazon passou a ser o nome de parasitas criados em laboratório, mas que mantinham forma humana e se alimentavam de outros seres humanos.



Haruka e Jin são, respectivamente, os Riders Omega e Alfa, porém, eles também são Amazons. O diferencial é que usam um cinto que aumentam suas habilidades, ao mesmo tempo que mantém a consciência humana intacta. Haruka consegue tirar alguns apetrechos do cinto, como uma foice e uma lança. 

Enquanto Haruka é misterioso em relação ao seu passado e seus poderes, Jin é um ex-pesquisador do projeto que criou as criaturas, e depois do acidente que as fizeram escapar, ele injetou células Amazon em sí mesmo para se redimir do "erro".

Referencias



Cada Amazon tinha que "despertar", e para retardar esse processo eles tinham que usar braceletes que injetavam proteína no sangue deles. Na série original, o bracelete era um artefato místico dividido em duas partes que davam poderes inimagináveis ao seu portador.

Outra coisa que faz referência a obra original são os golpes dos heróis, que apesar de não serem tão animalescos assim, são baseados em braçadas, unhadas, murros e outras coisas. A moto de Haruka também lembra um pouco a moto do Amazon antigo (na verdade, ela lembra mais o Jin).

Kamen Rider Raiz


Assim como as séries Heisei, a ameaça daqui não é explícita, onde os parasitas agem de maneira individual. Mesmo assim, existe uma organização maior com algum tipo de conspiração que o expectador espera ser revelado a qualquer momento. Além disso, a historia já começa com dois Riders,  que, de início, agem como mentor e aprendiz, e vão evoluindo até se tornarem Rivais.

Outro elemento abordado remete ao mangá, onde temos um personagem amargurado por ter se transformado em um mutante, enquanto luta para proteger aqueles que o rejeitam. Apesar da trama não ser exatamente essa, em alguns momentos esse tipo de comportamento em Haruka e Jin é visível.

Devorar ou  ser Devorado

Não posso esquecer que uma das melhores coisas dessa série é a trilha sonora, cantada por Taro Kobayashi.


Comentários

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...