Vamos falar sobre Kimi ni Shika Kikoenai - Só você pode ouvir



 "De repente, ouço na minha cabeça uma melodia que me era familiar. Isso é impossível, afinal esse celular... é um celular  imaginário"  

 Muitas pessoas tiveram que lidar com a solidão ao decorrer da vida. Alguns queriam alguém para conversar, porém não conseguiam lidar com a timidez e, muitas vezes, com o preconceito de outras pessoas. Alguns tem dificuldades de fazer amigos, outros não são aceitos devido ao seu gosto e estilo, mas o desejo é sempre o mesmo: Ter alguém para trocar idéias. Existi uma mangá que trata desse assunto e vai fazer até mesmo quem nunca passou por essa fase da vida entender as dificuldades de socialização de algumas pessoas.


Celulares imaginários 




A historia gira em torno de Ryo Aihara, uma solitária estudante que tem dificuldade de comunicação com outras jovens, e pelo fato de não ter um celular, acaba criando um celular perfeito na sua imaginação. Ela chega a se divertir imaginando toques e outras coisas para ele, porém, o que a menina não esperava, era que o aparelho possui a capacidade de receber ligações de outras pessoas, mesmo sendo de mentira. Esse fenômeno faz com que ela conheça Shinya Nozaki, um rapaz que a ajudará a entender como lidar com os problemas.  

 Você vai  mudar de idéia 




 Por ser do mesmo artista de Another, achei que a trama traria elementos de terror e mistério, porém, fui apresentado a uma historia completamente suave e bonita.  Apesar do estilo romance do mangá, o final passa longe de ser clichê e consegue ser surpreendente, conseguindo prender o leitor do começo ao fim.  

Escrito por Otsuichi (que escreveu a historia em 1 hora enquanto comia  Lamen no quarto) e adaptado por Hyro Kiyohara, quem ler vai conseguir ter uma visão diferente daquelas pessoas da escola, ou do trabalho, que não se associam com muita frequência. Por isso não julgue ou deboche de ninguém :p 
   

Comentários

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...