Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2017

Vamos falar sobre 13 Reasons Why - Os Treze Porquês

Imagem
"Suicídio é para os fracos! Só fez isso para chamar a atenção! Se tivesse Deus no coração não teria feito isso! E blá blá blá... ". Isso, entre muitos outros argumentos idiotas, representa o pensamento de muitas pessoas ignorantes que consideram a depressão como frescura. Inclusive, a serie que vou falar hoje sofreu algumas críticas com esse tipo de comentário. Contudo, a própria tenta representar isso de uma maneira que você reconheça os dois lados da situação. Então, vamos conhecer um pouco sobre uma das febres do momento, a 13 Reasons Why.

Vamos falar sobre Kobayashi-san no chi maid dragon

Imagem
Todo mundo em algum momento da vida já pensou em ter uma empregada em casa, tanto mulheres como homens. As donas de casa, as vezes, gostariam der ter uma ajuda para o excesso de trabalho, ou aquelas que trabalham fora e acabam ficando sem tempo para cuidarem de todas as tarefas  de sua casa. Já os homens, ou por trabalharem fora ou por preguiça mesmo (claro, tem excessões), acabam sempre contratando alguém para fazer a maior parte do trabalho domestico (sem contar aqueles com algumas "fantasias" mais apuradas ( ͡° ͜ʖ ͡°) ).
Não importa em qual grupo você se encaixa, em algum momento já imaginou se sua empregada fosse um dragão (no sentido literal da palavra), que ficasse cozinhando sua própria cauda (que tem veneno inclusive) e fosse completamente apaixonada por você? Pois é, esse é o tema do anime  "Kobayashi-San no chi Maid Dragon", que é o artigo de hoje.  

Conheça algumas obras de Eichiro Oda antes de One Piece

Imagem
Você, caro leitor, conhece Eichiro Oda. Caso você não tenha a menor idéia de quem é esse cara, provavelmente conhece sua maior obra, o One Piece. Apesar de Luffy e o bando do chapéu de palha estar navegando há quase 20 anos, essa não é a única historia que compõe o currículo de seu criador. O cara escreve desde o colegial, e jká foi assistente de Nobuhiro Watsuki, o criador de Rurouni Kenshin, ou como é conhecido por aqui, Samurai X. Mesmo com a moral que esse autor tem no mundo dos mangás, a maioria de suas obras não é tão conhecida assim. Por exemplo, você conhece Gill Bastar? Ou sabe quem é Bran,um batedor de carteira que se encontrou com Deus? Por isso, quero falar um pouco daquelas que mais achei interessante nessa lista.

Vamos falar sobre X-Men Deus Ama o Homem Mata

Imagem
Durante a historia, muitas guerras foram travadas em nome de Deus. As Cruzadas, na idade média, a inquisição e Segunda Guerra mundial, sendo esta ultima não necessariamente entre religiões, porém muitos grupo religiosos e étnicos sofreram na mão dos nazistas durante esse período. Hoje em dia, ainda existem conflitos onde um grupo quer se sobressair sobre o outro por causa de sua raça ou crença. Muitos chegam a pensar: Será que Deus é acessível a todos ou não está ao lado de certo grupo?

A excelente série dos X-men conhecida como "Deus ama, o homem mata" nos faz pensar sobre todos essas questões levantadas nesses conflitos...

Vamos Falar sobre Justiça de Alex Ross

Imagem
" Todos fomos mudados por nossas tragédias, não importa o quanto tenhamos tentado evitá-las. Não importa as curas que busquemos ou de quem as buscamos."Em meados de 2005, eu comecei a ler quadrinhos com uma frequência muito maior e nessa época eu consegui um exemplar da revista Wizard. Entre os diversos artigos, um me chamou a atenção, que era uma entrevista com Alex Ross e seu mais recente trabalho, a saga "Justiça" da DC Comics. Ele falava da diversidade e visual dos vilões, alguns baseados no desenho " Superamigos". O Tempo passou, e eu não tive a oportunidade de ler essa saga, até agora.

Vamos falar sobre Batman v. Superman versão estendida

Imagem
Um dos filmes mais controversos de todos os tempos foi Batman v. Superman. A maioria odiou, mas teve gente que gostou, assim como eu. Mas, houve uma versão estendida, lançada junto com o Blu-Ray do filme, que fez muita gente pedir desculpas ao Zacky Snider  por tantos xingamentos e criticas negativas. Depois de um ano que vi o filme, vi a versão estendida e aqui está a minha visão do filme.

Toy Story parte 2 - Woody Invencivel e o Garra

Imagem
Continuando o gameplay de Toy Story, Woody e Buzz fazem de tudo para escapar do Pizza Planet. Dessa vez, eu joguei a versão de Mega Drive de que eu havia falado no texto anterior, além de ter usado o código para tornar o personagem invencível.

Flicky

Imagem
Que tipo de jogo você mais gosta? A maioria dos jogadores de hoje em dia, preferem a estrategia, FPS, co-op, entre outros. Mas e os mini-games? Aqueles títulos que não tem trama, e o único objetivo é vencer as dificuldades que ficam cada vez maiores. Como é o caso do jogo de hoje, que os veteranos conhecem como Flicky.

Como o universo DC poderia se consolidar no cinema

Imagem
Em 2013, foi lançado no cinema "Homem de aço", que influenciado pela trilogia "Cavaleiro das trevas" do Nolan, abordava um Superman mais realista. Só que a Marvel tinha acabado de consolidar seu universo cinematográfico com Vingadores e a saga das jóias do infinito tinha acabado de começar. Como o cinema ainda é uma empresa, e no mundo dos negócios impera a competição, a DC teve que correr atrás do prejuízo e formar o seu universo cinematográfico. Mas como tudo que é jeito as pressas fica igual a cara daGretchen, ele estão pisando na bola, o que não é bom para reputação do estúdio e nem para o bolso de ninguém. Resumindo, a Warner deveria ter planejado seu universo, ao invés de puxar tudo de um projeto que tinha uma premissa completamente diferente. Mas como eles poderiam ter feito isso? Como um bom fã eu fiquei pensando nas mais diversas possibilidades e compartilhei elas aqui

4 Coisas sobre Toy Story o Video game (1995)

Imagem
Quando um filme faz muito sucesso, inevitavelmente, vemos a transposição de seu universo para outras mídias, como os vídeo-games. Pelo menos foi assim até a geração passada. Nos anos 90 isso era bem mais comum, tanto que títulos ganhavam sua versão para games, geralmente como jogos de plataforma, sem ao menos se darem conta que o estilo do filme não funcionava no gênero. Contudo, existiam games que ficaram bem divertidos, transportando o jogador para dentro da historia e até adicionando elementos que deixavam todo o universo mais extenso, igual ao jogo de Toy Story, cujo eu separei quatro coisas sobre a adaptação do primeiro filme.